mãe abraçando o bebê
Tempo e família

Presente de Natal: dicas para resgatar a verdadeira tradição

Tempo de leitura: 5 minutos

Eis que chega dezembro. Não é só mais um mês do ano, é o mês do Natal. Aqueles 30 dias que tiramos para repensar quem somos e compartilhar sentimentos bons. Época de agradecer o que conquistamos e traçar novas metas.

Natal é cheio de tradição: muitos amigos ocultos; ceia farta de comida; a árvore repleta de presente. Existe uma tradição, muito bonita, de dar presentes para as pessoas que amamos, como uma demonstração de carinho e fraternidade. É o presente da vida celebrado ao fim de mais um ano.

“Cheio”, “muitos”, “farta”…o Natal é data de abundância, mas será que estamos exagerando nos sentimentos certos?

Tradição x consumo

Seguir a tradição de presentear é uma linda atitude, pois é uma a troca de boas energias e a materialização do cuidado. A questão é que, ao longo dos anos, o verdadeiro sentido das trocas de presente foi se perdendo, e o que era um gesto de carinho, virou uma obrigação, muitas vezes cara.

Os pais se sentem na obrigação de presentear os filhos, os afilhados, os próprios pais… uma lista extensa de obrigações. Uma parte do orçamento comprometida com o que deveria ser uma simples demonstração de afeto.

Seja pelo orçamento apertado ou pelo sentimento de obrigação ao distribuir presentes, que tal tentar fazer um Natal diferente este ano?

Natal de coração novo

A sugestão não é negar, mas ressignificar. Isto é, repensar os motivos que o levam a presentear alguém. Para resgatar a essência dessa tradição, tente colocar mais o seu coração em cada gesto.

Pode ser um brinquedo caro, uma roupa de marca ou uma flor, o valor econômico não importa aqui. Uma dica legal é fazer ao invés de comprar, já pensou nisto? Hoje em dia tem muitas dicas legais na internet que podem te ajudar a preparar com amor e carinho cada detalhe do presente de Natal.

Eu sei, você pode estar pensando: mas eu não tenho tempo para fazer o presente de todo mundo.  

Que tal valorizar presentes que prezem pela união? Dar ao seus irmãos um jantar? Ou então, levar seus pais para um passeio? Levar as crianças para um parque?

Vamos quebrar as lógicas que nos levam sempre a comprar e comprar cada vez mais. Os momentos felizes ficam na memória para sempre e têm um valor imensurável. Além de você preencher o coração de boas lembranças, o planeta agradece pela diminuição na produção do que é descartável e vira lixo poluente.

Neste Natal, esteja mais presente nos seus presentes!  

 

Erika Zordan

Jornalista e Produtora de Conteúdo no Clubinho de Ofertas. Mineira de raiz, carioca de coração. Sou apaixonada por histórias e acredito muito no poder de transformação da educação.