velas e enfeites de Natal
Educação

De onde vem os símbolos do Natal?

Tempo de leitura: 5 minutos

O Natal é uma abundância de símbolos e tradições de muitos lugares diferentes. Começando pela celebração cristã do nascimento de Jesus; a árvore de Natal toda enfeitada onde os presentes são colocados; as luzes que enfeitam as casas; as comidas típicas da festa de Natal. Tudo isso carrega um significado próprio, e que vem de anos e anos de histórias e culturas que foram se complementando.

Você sabe de onde vem cada uma delas?

Bom, o Brasil é um país com maioria cristã, por isso, a festa religiosa natalina que comemora o nascimento de Jesus é muito forte e dita muitas tradições. Muitas famílias seguem as comemorações religiosas e os símbolos natalinos durante todo o mês de dezembro, fechando com o a data de chegada dos três reis magos, no dia 06 de janeiro.

Já o símbolo mais adorado pelas crianças nasceu na Turquia. O Papai Noel é inspirado em São Nicolau, um santo cristão. No entanto, sua ligação com o

Natal surgiu na Alemanha, e de lá pra cá ele sofreu muitas modificações. A vestimenta vermelha é uma novidade trazida pela Coca-Cola, pois antigamente ele era descrito com roupas de inverno marrom e verde. A versão publicitária do papai Noel da Coca ganhou o mundo e hoje é o personagem principal do imaginário infantil.

Já a árvore de Natal também é uma tradição alemã que foi incorporada à cultura brasileira. O relato sobre a árvore enfeitada vem de Martinho Lutero, um personagem importante da história mundial. Contam que ele teria visto a imagem do pinheiro cheio de neve enquanto passeava e que a paisagem o inspirou tanto que ele quis reproduzir em casa para as crianças. Foi usando algodão, enfeites e velas   que retratou a neve, as estrelas e elaborou um dos maiores símbolos natalinos.

Já as ceias também são tradições europeias. Antigamente, as pessoas costumavam deixar a porta de casa aberta para que durante a noite pobres e viajantes pudessem participar da ceia de Natal. É muito por isso que a fartura de alimentos é tão comum. Hoje os visitantes foram substituídos por toda a família e amigos que realizam um grande encontro de fim de ano.

O verdadeiro sentido

E aí? Já conhecia todas essas histórias? O Natal é uma das festas mais importantes da nossa cultura, mas o passar dos anos acaba relativizando sua importância. Aprender e relembrar a história do Natal é um ótima forma de viver essa data com toda a atenção que ela merece. Afinal, não é todos os meses que dedicamos ao amor e à solidariedade.

 

Erika Zordan

Jornalista e Produtora de Conteúdo no Clubinho de Ofertas. Mineira de raiz, carioca de coração. Sou apaixonada por histórias e acredito muito no poder de transformação da educação.