Cuidado e bem-estar

7 passos para encontrar a paciência na rotina agitada de mãe

Tem horas que é difícil, né?

Manter a paciência em dia é mesmo um desafio, mas isto não é à toa!

Pare um minutinho e pense como é o seu dia. A rotina de mãe não é pra qualquer um. É acordar preparada para ser a última a desligar o motor ao final do dia. Só depois de todo mundo na cama é que a cabeça de uma mãe descansa tranquila.

Tem que pensar em tudo o tempo todo. Se esquece alguma coisa, a mãe é a primeira a improvisar e resolver o problema. As 24 horas do dia para elas não significam quase nada. Tempo de mãe é outro.

E como ter  paciência no meio disso tudo?

Nesse corre corre, às vezes, a paciência parece ir dar uma voltinha e os pequenos detalhes viram imensos problemas. Faz parte.

O primeiro passo é reconhecer a impaciência. É desconfortável assumir que as coisas saíram um pouco do controle. Não é legal. Fato. Acontece e o jeito é tentar lidar com ela da melhor forma.

Que tal algumas dicas pra te ajudar a continuar pleníssima?

 

  • Identifique!
    Se observe e saiba quais são os seus sinais de impaciência. Ninguém é igual e nem sofre exatamente pelos mesmos problemas. Você precisa reconhecer o que te tira do eixo.

 

  • Pare!
    Assim que você souber que é só uma crise de impaciência você pode controlá-la. Apenas interrompa tudo que você está fazendo e o sentimento que está te afetando.

 

  • Respire!
    Parece brincadeira, mas sabe aquela tática de contar até 10? Ela ajuda muito! Inspire e expire devagar algumas vezes. Acalme, sobretudo, o seu corpo.

 

  • Compreenda!
    A falta de ar, o coração batendo rápido, os músculos contraídos é tudo biológico. São demonstrações simples de que seu corpo precisa de cuidado imediatamente.

 

  • Aguarde!
    Espere seu corpo responder aos comandos de relaxamento. Pode não ser imediato, mas aos poucos ele vai ajustando tudo de forma natural.

 

  • Pense!
    Depois que sua mente já entendeu e cuidou de você, tente olhar com outra perspectiva. Procure evidências dos dois lados, o positivo e o negativo. Mentalmente, organize as possibilidades e análise o que melhor te atende. Sem pressa.
  • Decida!
    Escolha o melhor caminho sem se preocupar com o que os outros vão pensar. Seja honesta com você e com os seus limites. Não se apegue às emergências, a maior parte das circunstâncias da nossa vida podem esperar.

Você deve estar pensando que não consegue dar todos esses passos na correria da sua vida, né? Tudo bem, às vezes não vai dar mesmo. Procure praticá-las aos poucos, quando estiver em casa, no passeio com a família, em um espaço confortável do trabalho.

Quando você menos perceber será uma atitude natural frente a qualquer situação estressante. Sua mente já estará treinada a organizar com agilidade todo esse processo de como ter paciência.

Experimente!

Deixe seu comentário