mulher grávida sorrindo
Dicas da Maria

Gravidez e Odontologia: Alterações bucais e cuidados necessários

Tempo de leitura: 4 minutos

O período da gravidez é marcado por uma montanha-russa de emoções. No momento em que você descobre que está esperando um filho, diversos sentimentos surgem como: alegria, satisfação, medo, insegurança. Tudo isso somado a uma lista de coisas a fazer com a responsabilidade de que, agora, será preciso se cuidar em dobro.

Durante essa fase para lá de especial, muitas mudanças acontecem no corpo da mulher incluindo alterações hormonais que tem impacto direto em várias regiões do corpo, incluindo a boca. Essas alterações são responsáveis pelo aumento da resposta inflamatória gengival e, por isso, nessa fase, as mulheres têm mais tendência a apresentar problemas como a gengivite. A gengivite é o termo utilizado quando há uma inflamação na gengiva, caracterizada por inchaço, vermelhidão e sangramento ao mais leve toque.

Em alguns casos, quando a futura mãe apresenta doença periodontal, o momento da gravidez pode exacerbar a doença e nesses casos o acompanhamento odontológico é fundamental. As evidências científicas apontam que existe uma associação entre parto pré-maturo e nascimento de bebês de baixo peso com a doença periodontal. No entanto, não foi comprovado uma relação causal nem o peso que essa associação efetivamente tem.

O importante é que o auto cuidado é fundamental em qualquer fase da vida, incluindo o período gestacional. Portanto, é necessário realizar uma boa higiene oral, usar fio dental, se possível, fazer uma consulta odontológica antes da gravidez, e em caso de dúvidas, entre em contato com o seu dentista.

Qual o melhor momento para ir ao dentista durante a gestação?

O período ideal de realizar qualquer procedimento odontológico durante a gravidez é no segundo trimestre. Durante o primeiro, a mãe apresenta frequentemente enjoos e/ou tonturas e no terceiro, a posição no dentista torna-se desconfortável e até mais estressante.

Maria Berry

Dentista especializada em bebês, crianças e adolescentes, formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), apresenta mestrado em Telessaúde e atualmente é doutoranda pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Encantada pela magia do universo infantil e pela área da saúde. Acredita em uma Odontologia sistêmica e integrada para se alcançar qualidade de vida.