tambores de uma banda carnavalesca
Diversão

Marchinhas de carnaval: cultura que ensina e diverte

Tempo de leitura: 5 minutos

O carnaval é uma festa bastante popular em nosso país. Durante quatro dias do ano (e em algumas cidades até mais do que isso) ele é comemorado com muita música e animação. Multidões tomam as ruas para se divertir e, como alguns dizem, só depois começar o ano de verdade.  

De norte a sul existem algumas manifestações diferentes nesta festa. Em Pernambuco, o frevo é uma dança tradicional, que junto com os bonecos de Olinda fazem uma linda festa nordestina.

Já na Bahia, quem dá o ritmo é o axé, arrastando multidões pelas ruas atrás do trio elétrico. Já em grande parte do país, quem comanda a festa é o samba e s as marchinhas de carnaval.

Há quem acredite que a época das marchinhas já passou. Todavia, a verdade é que elas ainda bombam em muitos carnavais, principalmente no Rio de Janeiro e São Paulo. Seja nos blocos de rua ou nos bailinhos, essas canções embalam a festa brasileira há anos e continuam firmes e fortes.

Cantando com as crianças

Resgatando a potência e a raiz do carnaval, o Blog do Clubinho de Ofertas, traz, hoje, uma lista das marchinhas para você dançar em família.

1 – Abre Alas

A primeira marchinha da história brasileira foi composta em 1899. Ela empolgou como enredo da escola Rosas de Ouro do Rio de Janeiro.   

2- Mamãe eu quero

Esta marchinha ganhou fama na voz de uma das maiores cantoras brasileiras, Carmem Miranda.

3- Me dá um dinheiro aí

Presente até hoje nos carnavais, esta canção faz todo mundo se divertir transformando situações cotidianas em uma boa brincadeira carnavalesca.

4- Jardineira

Jardineira é uma das marchinhas que agitaram o carnaval de 1939, lá nos tempos da vovó e do vovô, mas até hoje é cantadas pelas ruas no carnaval.

5- Allah la ô ô ô

Um ritmo gostoso e animado para cantar em coro e espantar o calor pra lá, Allah la ô ô ô é é uma das marchinhas mais resgatadas pelos blocos tradicionais.   

Regravadas por muitas vozes carnavalescas, as marchinhas de carnaval são expressões riquíssimas da cultura brasileira. Algumas estão comemorando quase 100 anos de existência e retratam as manifestações sociais e culturais da sociedade daquela época.

Algumas, inclusive, caíram em desuso por reforçar problemas sociais como machismo, homofobia e racismo. Um retrato da nossa sociedade recém independente e livre da escravidão, suas letras têm muito o que ensinar para nossas crianças. Sobretudo, ao reconhecer tais problemáticas e reinventar a festança.

Aprendendo com a história

Atravessando séculos e imortalizada nas vozes de grandes artistas do início do século, ouvi-las na versão original é uma forma de ensinar e reforçar a beleza das nossas raízes.

Continue acompanhando nosso blog porque ainda vamos falar bastante sobre esta manifestação linda e tão brasileira.

 

Erika Zordan

Jornalista e Produtora de Conteúdo no Clubinho de Ofertas. Mineira de raiz, carioca de coração. Sou apaixonada por histórias e acredito muito no poder de transformação da educação.