braços para cima escrevendo love com as mãos
Diversão

Mímica: uma comunicação entre pensamentos e gestos

Tempo de leitura: 5 minutos

A comunicação é uma arte e um desafio. Escolher as melhores palavras para passar uma informação da maneira correta é essencial para qualquer diálogo, dos mais simples aos mais complexos. 

Mas… e quando não se tem as palavras?

O que fazer para contar uma história só através dos gestos? No Brasil, cerca de 9 milhões de pessoas possuem deficiência auditiva ou de fala (surdos e mudos). Ou seja, todas elas convivem diariamente com os obstáculos de transcrever os pensamentos em gestos compreensíveis a todos. Obviamente, grande parte dessas pessoas recorrem às libras, linguagem desenvolvida para comunicação de surdos e mudos. Infelizmente, o conhecimento sobre a língua ainda é restrito em todo o mundo, e, muitas vezes, se fazer entender não é uma missão fácil.

Uma outra experiência interessante que utiliza o corpo como forma de expressão é a mímica. Muitas pessoas aprendem sobre essa habilidade com as brincadeiras de infância ou quando estão estudando um novo idioma. Quando se está começando a aprender uma nova língua, é preciso preencher as lacunas do vocabulário com gestos que expliquem cada palavra. É preciso trabalhar o olhar, a memória e a criatividade. 

Ou seja, a magia que envolve transformar a fala em em gestos é importante para soltar a imaginação, facilitar o diálogo e promover a inclusão. Legal né? 

E que tal descobrir ainda mais sobre essa habilidade assistindo a uma peça de teatro? 

Conheça a história do João, o Alfaiate – um herói inusitado! 

A linguagem da mímica é um dos trunfos da peça João, o Alfaiate — Um Herói Inusitado, da companhia carioca de teatro Etc e Tal.

O personagem principal, vivido pelo também diretor Alvaro Assad, não estabelece nenhum diálogo. Mesmo assim, começa a despertar a curiosidade no reino depois de se espalhar o seguinte boato: ele teria matado sete moscas que ousaram pousar no seu lanche.

A partir daí, o bobo da corte, papel de Melissa Teles- Lôbo, passa a instigar o medroso rei (Marcio Moura) a conhecer o habilidoso costureiro João.

A dupla acredita no potencial dele para derrotar um unicórnio e um gigante e se tornar um herói. Agradam também os quatro cenários originais, moldados a partir de uma enorme caixa giratória instalada no meio do palco.

Prêmio RJ e SP de Melhor Espetáculo, de Visagismo, de Ator e Atriz e os cômicos do Etc e Tal apresentam “João, o Alfaiate” que esbraveja sua valentia ao matar 7 insetos pousados em sua refeição.

Esta oferta que diverte e ensina está lá no site do Clubinho, que tal aproveitar a oportunidade e já garantir o passeio do feriado? 

Garanta já seu ingresso!

Erika Zordan

Jornalista e Produtora de Conteúdo no Clubinho de Ofertas. Mineira de raiz, carioca de coração. Sou apaixonada por histórias e acredito muito no poder de transformação da educação.