mulher sentada com um computador no colo escrevendo alguma coisa em um bloco de notas
Tempo e família

Organização pessoal começa com o pé no chão

Tempo de leitura: 4 minutos

Planejar, planejamento, planos, planilha…todas essas palavras são quase como palavras de ordem para uma vida equilibrada. Infelizmente, a gente sabe que colocá-las em prática é uma missão das bem difíceis.

É quase natural que planejamentos nem sempre deem certo, afinal não temos controle sobre tudo nesta vida (na verdade, sobre quase nada).

Aqui no blog do Clubinho estamos sempre dando dicas e falando como começar e manter planejamentos, mas a dica de hoje é um pouco mais pé no chão.

Óbvio que para levar um plano à risca requer dedicação e compromisso. Sabemos que certas coisas precisam mesmo de rigidez. Acontece que,às vezes, nos prendemos ao medo de falhar, e mais, não apenas ao medo de falhar, mas a frustração pelas tantas tentativas fracassadas.

Se pararmos para pensar que, em média, vivemos 60 anos úteis – aqueles anos em que podemos ter controle sobre nossas escolhas e possibilidades; e ainda, se formos pensar que fazemos um planejamento por ano, só isso já seriam 60 planejamentos. É muito coisa!

Seja honesta (e solidária) com sua organização pessoal.

É justamente por isso que precisamos levar em consideração dois pontos fundamentais:

1- A vida é o agente controlador. É ela quem dita as regras e muda tudo de uma hora para a outra sem o menor consentimento nosso.

2- Se você é mãe, além do seu planejamento pessoal, você administra a vida de pelo menos 2 pessoas por alguns anos, estratégia financeira, escolar, viagens… e por aí vai.

Ou seja, planos falidos de organização pessoal são mais fáceis de acontecer do que os planos bem sucedidos.

Sabe o melhor?

Está tudo bem, também! Quando tudo dá certo é uma alegria e um orgulho, mas são os erros que nos ensinam e nos fazem evoluir. São as tentativas que nos mostram o melhor caminho.

Se você está sempre deixando os planos para amanhã porque está cansada de ver tudo sair do controle, é hora de se permitir.

Faça planos! No início do ano, no meio do ano, no final do mês, amanhã. Todo dia é um bom dia para (re)começar!

Erika Zordan

Jornalista e Produtora de Conteúdo no Clubinho de Ofertas. Mineira de raiz, carioca de coração. Sou apaixonada por histórias e acredito muito no poder de transformação da educação.