Sem categoria

Brincar e aprender é uma ótima forma de diversão para criança

Você provavelmente já ouviu falar que “viver é um eterno aprendizado”. Sabe por quê? Porque aprender é um processo contínuo e diversificado. E você vai ver que diversão para a criança também é um ótimo jeito de expandir o saber.

É muito comum assimilar educação com tudo aquilo que se aprende entre as paredes da escola, mas a verdade é que esse é só mais um jeito de adquirir conhecimento. A própria escola, hoje, já tem uma cara muito diferente e reinventa, constantemente, o seu jeito de educar.

Antigamente, salas de aulas eram rígidas, com hierarquias muito definidas, regras alinhadas e criança sentada na cadeira. No entanto, várias instituições já estão valorizando a interatividade e as experiências como parte do processo.

A própria palavra interatividade é bem curiosa. De acordo com o dicionário interatividade é relativo a interagir, e interagir significa “exercer ação mútua (com algo), afetando ou influenciando o desenvolvimento ou a condição um do outro”.

Ou seja, quando nosso cérebro interage com outras coisas ele é afetado e se desenvolve.

A forma como esse sistema funciona é um pouco complexa, mas sabe-se que o lobo frontal, uma região do nosso cérebro, está sempre buscando um propósito e vai descartando as informações que não lhe chamam muita atenção.

Logo, quando as experiências que adquirimos se perdem entre tantas outras é porque a forma como incentivamos nosso cérebro a reter essa informação não foi muito atrativa para ele.

Mas e a diversão?

A diversão entra exatamente para ser a razão que desperta o verdadeiro interesse do nosso cérebro naquilo que estamos vivendo.

Os hormônios da felicidade – endorfina, oxitocina, dopamina e serotonina – são liberados justamente nos momentos especiais que mexem com os nossos sentidos. Quando conectamos a felicidade aos momentos de aprendizado, psicologicamente e biologicamente falando, é muito mais fácil nunca mais esquecer aquele conhecimento.

Se divertir é colocar todas essas substâncias em ação.

Fica a dica!

Encontrar uma diversão para criança que envolva educação não é nenhuma missão impossível.

Além dos livros, que levam a imaginação para longe e possibilitam que a mente viaje muito lugares, viver a vida lá fora também pode ser transformador. Uma viagem a uma cidade histórica, um domingo no museu, uma ida ao cinema…

Ou vai dizer que o filme “O menino do pijama listrado” não ensinou nada sobre o Holocausto e a Segunda Guerra Mundial?

Viu só?

Não deixe de acompanhar as dicas do Clubinho. Você vai conhecer muitas formas divertidas de ensinar os seus pequenos!

Deixe seu comentário