casal limpando a casa
Empoderamento

Não faça tudo sozinha, aprenda a delegar tarefas!

Tempo de leitura: 6 minutos

Existe um problema que é comum a maioria das pessoas: a sensação de estar atarefado. Principalmente quando se é mulher.

O empoderamento da mulher foi essencial para autonomia delas, mas também trouxe um novo conflito: a dupla jornada. Quer dizer, hoje em dia, a mulher, além de continuar sendo responsável pela casa, ela tem uma vida profissional de sucesso, ela avança nos estudos, ela cuida de si mesmo e se mantém impecável.

Essa realidade tem sido cada vez mais comum, e é aí que o problema aparece. É bem verdade que a mulher acaba dando conta, mas o corpo sente e a mente fica exausta.

Aprender a delegar tarefas é uma ferramenta muito importante.

Nessas horas é preciso ativar as redes de apoio e reformular a dinâmica do lar. A vantagem da modernidade é que a reflexão sobre os direitos das mulheres já têm mudado muitas famílias. Os homens, que se acostumaram a deixar os filhos e as atividades domésticas para a mulher, agora são obrigados a se mexerem. No entanto, ainda é preciso um empurrãozinho da mulher para que essa nova lógica seja incorporada com sucesso.

Sendo assim, é preciso aprender a delegar certas funções para não ficar sobrecarregada. Fazer isto requer diálogo, empatia e paciência.

Para começar tenha em mente que: manter o bem estar familiar não é uma responsabilidade só sua!

Por isso…

Dica número 1:

Dialogue. Abra um espaço de conversa sincera e empática com sua família. Pais, mães e filhos precisam compartilhar as aflições e encontrarem soluções juntos. Não hesite em passar pequenas tarefas para seu filho, nem fique receosa de ocupar o parceiro. Lembre-se que os dois fizeram as mesmas escolhas e, por isso, têm as mesmas obrigações para com a casa.

Dica número 2:

Equilibre o nível de complexidade e urgência das tarefas. Não tire as mais difíceis de você, mas também não as mantenha só para si. Divida de maneira igual e tenha paciência com o processo de aprendizado de cada pessoa. Pode acontecer de precisar alguns dias para que todos se adaptem à nova rotina e aos novos afazeres. O começo pode ser complicado, mas a longo prazo será um benefício para todos.

Dica número 3:

Crie um cronograma visível e claro para todos. Para que não haja nenhum ruído na comunicação, registre a nova dinâmica e deixe em algum lugar onde todos possam ter acesso constantemente. É uma forma de lembrar, mas também de cobrar o acordo.

Dica número 4:

Evite brigas. Para isso, fortaleça o diálogo e tente fazer dessa conversa um momento em família. Explique, ensina e se divirta.

Não se esqueça que a primeira grande mudança está dentro de você, mãe. A consciência sobre o papel da mulher e os limites do seu corpo é um aprendizado que nasce em você. Procure encarar sua rotina valorizando a si mesma e defendendo sua necessidades. Ter um tempo para você também é essencial para a manutenção do seu bem estar, e, consequentemente, da sua família. É essencial não se sentir culpada.

Você tem uma uma boa metodologia de como delegar tarefas? Compartilha com o Clubinho de Ofertas!

Erika Zordan

Jornalista e Produtora de Conteúdo no Clubinho de Ofertas. Mineira de raiz, carioca de coração. Sou apaixonada por histórias e acredito muito no poder de transformação da educação.