Tempo e família

Pare de brigar com o relógio!

braço com relógio apontando o cel

A velocidade é o mal e o bem do século que vivemos.

Mal porque estamos sempre correndo atrasados para viver o que ainda vai acontecer.

Bem porque toda essa correria nos estimulou a desenvolver tecnologias que mudaram nossa realidade, como os avanços da medicina que salvam vidas todos os dias.

Entretanto, é bem verdade que no meio disso tudo estamos nós, perdidos, sem saber exatamente o que fazer com esse tal de tempo.

Para facilitar essa confusão tente quebrar alguns tabus. Você vai clarear as ideias que te atrapalham a compreender como fazer a administração do tempo no dia a dia.  

Existem várias formas de aprender a lidar com ele e passar a olhar para o relógio com mais calma.

O dia dura 24 horas para todo mundo, 365 vezes por ano.

Insistimos em acreditar que a vida do outro é sempre melhor do que a nossa. Olhamos a rotina de outra mãe ou outra família e achamos que não temos tempo suficiente, ou que precisamos de mais horas no dia para dar conta da nossa vida. Temos, até mesmo, a impressão de que nosso dia é mais curto que do resto do mundo. Definitivamente nossa vida é mesmo uma correria, são muitos compromissos para dar conta, mas o segredo está na administração e não na quantidade de tempo disponível.

O amanhã é coisa da nossa cabeça

Parece triste essa frase né? Mas ela é bem real. Temos vivido tanto o amanhã sem prestar atenção no presente que nos esquecemos, mas este presente já foi, um dia, nosso sonhado amanhã. A ansiedade e a expectativa por um futuro diferente nos faz não aproveitar o que é real e está em nossas mãos. Que tal realizar seu sonho hoje? Ou então, não precisa ir tão longe, mas que tal fazer aquela ligação para alguém especial? Ou comprar a passagem para viajar para um lugar incrível? Conhecer o filho mais novo da sua melhor amiga? Se dar o luxo de ter tempo para um carinho? Pare de se deixar para depois!  

A verdade é que está faltando prioridade

Somos tão cobrados pelo mercado de trabalho, pela família, pelos amigos, pelos filhos, que muitas vezes não conseguimos refletir sobre o que realmente importa para nós. Em meio à tantas obrigações, seguimos apenas concordando e acumulando uma imensa fila de afazeres que, ao final, não damos conta. Dizer “não” é pura sabedoria. Um verdadeiro aprendizado. Tente dizer mais “sim” para você mesma, para o que enche seu coração de orgulho e paz.

Não encare o tempo como inimigo, foi ele quem nos deu toda essa história linda para contar.  

Apenas viva!

 

Deixe seu comentário