Loading...
Finanças

Um jeito diferente de ensinar sobre dinheiro aos filhos!

Temos, diariamente, a difícil tarefa de manter os boletos em dia e saber o segredo de fazer o dinheiro render até o final de cada mês.

O propósito é sempre proporcionar para toda a família uma vida tranquila e confortável, e a educação financeira na infância pode ser uma grande aliada. Torna-se uma via de mão dupla quando ensinamos aos filhos, com cuidado e equilíbrio, os porquês de se ter cautela com os gastos. A principal vantagem é acaba sendo mais fácil e compreensível negar certas coisas aos filhos, e toda mãe sabe como é difícil dizer não a eles…

Educação financeira na infância não precisa ser chato.

É claro que nenhuma criança gosta – ou tem maturidade o suficiente – de falar sobre dinheiro. Afinal, este é só mais um dos compromissos da vida adulta.

Por isso, falar sobre finanças com as crianças e adolescentes requer a sensibilidade de adaptar o tema para o universo dos pequenos.

Se você está pensando em começar a conversar sobre isso com seus filhos, a dica é: não os trate como mini adultos.

Você vai precisar colocar a criatividade para funcionar!

Aquela velha história de sentar no sofá e mostrar o valor da conta de luz, da internet, da fatura do cartão, na verdade, só causa o efeito contrário.  

Abordar esse tipo de assunto sem uma estratégia lúdica, infelizmente, não vai funcionar. É preciso ter uma cara de brincadeira, de desafio e instigar a curiosidade para dar certo.

Os ensinamentos precisam fazer, sutilmente, parte da rotina. Os momentos perfeitos existem, só precisamos descobri-los. Às vezes, a hora de levantar a questão pode ser, justamente, quando aquele brinquedo preferido quebra.

Como saber a hora certa?   

Realmente são muitos os detalhes para os pais ficarem atentos na criação do filhos, mas algumas dicas ajudam bastante.

Aqui no blog do Clubinho de Ofertas nós temos uma editoria só para finanças. Estamos sempre falando sobre educação financeira, porque sabemos que não é nada fácil manter uma casa em ordem.  

Inclusive, nós já temos uma publicação com os primeiros passos da educação financeira na infância.

Corre lá e dá uma olhadinha!